Empresário é morto por disparos de arma de fogo em Barreiras

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O empresário Gilberto da Silva, de 38 anos, foi morto a tiros na manhã da última sexta-feira (26) enquanto chegava em frente à sua residência, ainda em construção, no bairro Santa Luzia, em Barreiras. 

 

Segundo informações do Blog Braga, parceiro do Bahia Notícias, o crime foi cometido por dois indivíduos não identificados que estavam em uma motocicleta. Relatos apontam que os criminosos teriam abordado Gilberto e efetuado os disparos que resultaram em sua morte.

 

Após o ocorrido, a área foi isolada pela Polícia Militar, que foi acionada para atender à ocorrência. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu ao local e constatou o óbito do empresário.

 

A Delegacia de Homicídios iniciou as investigações sobre o caso, enquanto o Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou os procedimentos periciais tanto no corpo da vítima quanto no local do crime. Durante a perícia, foram recolhidos seis estojos de pistola calibre .380. O corpo de Gilberto da Silva foi removido para o necrotério do DPT para a realização da necropsia.

 

A rua onde ocorreu o homicídio possui câmeras de segurança, o que poderá auxiliar nas investigações conduzidas pela polícia.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

STF decide que União deve definir destino de valores obtidos com condenações e delações

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que é de responsabilidade da União definir o destino de recursos obtidos com delações premiadas ou condenações criminais em casos em que a lei não prevê uma finalidade específica para esses valores.    O entendimento firmado pela Corte veda que o direcionamento dessas quantias seja fixado pelo

Pré-candidato à Prefeitura de Alagoinhas denuncia violência de política

O ex-prefeito e pré-candidato Prefeitura de Alagoinhas, Paulo Cezar (União), denunciou, neste domingo (26), um ato de violência política sofrido por ele durante campeonato de futebol no município.    Segundo o candidato da oposição ao atual governo municipal, o agressor seria um homem  conhecido como Jai, suposto irmão da vereadora Juci Cardoso (PCdoB), apoiadora do

Policiais influencers são presos após compartilhamento nas redes sociais: “Violação de preceitos éticos”

Os policiais militares e influenciadores Alexandre Lázaro "Tchaca" e Ivan Leite cumprirão 15 dias de detenção no Batalhão de Polícia de Choque/ BPChq, em Lauro de Freitas.    De acordo com a Polícia Militar, a prisão dos agentes se deu após conclusão do processo de apuração de conduta disciplinar, por violação dos preceitos éticos e disciplinares