TAGS

Homem morre após sofrer choque elétrico quando tentava desenrolar fio de veículo na Bahia

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um homem, de 27 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica em Castro Alves, no Recôncavo. Segundo o Calila Notícias, parceiro do Bahia Notícias, o acidente ocorreu quando a vítima desceu do caminhão onde estava para tentar desenrolar um fio e sofreu a descarga.

 

O homem foi identificado como Railson da Silva Souza, morador da cidade de Queimadas, na região sisaleira. O motorista do caminhão, que não teve o nome informado, chegou a ficar ferido. Ele foi encaminhado a uma unidade de saúde, e a condição clínica dele é estável.

 

Ainda segundo informações, o corpo da vítima deve ser levado para Queimadas, onde deve ser sepultado.  Não há mais informações sobre as causas do ocorrido.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Advogado e influenciador digital Samer Agi confirma presença na II Conferência da Jovem Advocacia Baiana

Com o tema "Oratória Criativa", o advogado Samer Agi será um dos palestrantes da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana. Ele estará no evento no dia 6 de junho, às 18h, no Centro de Convenções de Salvador.   A busca por liberdade, tempo e possibilidade de crescimento fizeram com que Agi deixasse o cargo

Santa Inês inaugura primeiro museu ferroviário da Bahia; saiba mais

Conhecida como "Cidade dos Dinossauros", o município de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, vai inaugurar o primeiro Núcleo Histórico Ferroviário da Bahia. Em parceria com Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), o novo equipamento histórico cultural do município é o segundo do Nordeste neste modelo.      A inauguração do museu, que deve ocorrer

MP-BA prorroga prazo para apuração de suposto crime ambiental em Casa Nova

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) prorrogou por mais 90 dias a Notícia de Fato para apuração de um suposto crime ambiental em Casa Nova, município do Sertão do São Francisco.   O comunicado assinado por Heline Esteves Alves, promotora de Justiça de Meio Ambiente da Comarca de Juazeiro, informa que a investigação foi instaurada