Juiz define sete dos 12 jurados que vão decidir futuro de Donald Trump

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


000 34pf8eu

O juiz a cargo do histórico julgamento que o ex-presidente Donald Trump selecionou sete dos 12 jurados, além de seis suplentes, que decidirão o destino do magnata, a quem advertiu, nesta terça-feira (16), que não vai tolerar “intimidações” na sala. “Não vou permitir que nenhum membro do júri seja intimidado nesta sala”, disse, taxativo, o juiz Juan Merchan, quando uma candidata foi obrigada a dar explicações sobre um vídeo publicado no Facebook que motivou um comentário do bilionário. Julgado em Nova York, Trump, primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a se tornar réu, é acusado de ocultar um pagamento de US$ 130 mil (R$ 672 mil, na cotação atual) à ex-atriz pornô Stormy Daniels, para comprar seu silêncio sobre um suposto caso extraconjugal que remonta a 2006 e para proteger sua campanha eleitoral em 2016, na qual derrotou a democrata Hillary Clinton. Ao todo, as acusações falam em 34 falsificações de documentos contábeis da empresa da família, a Trump Organization.

O processo parece avançar mais rápido do que o previsto. Os eleitos até o momento são profissionais de diferentes áreas, submetidos a um processo de seleção no qual foram consultados sobre seu trabalho, onde moram, sua situação familiar, se tomam medicamentos que podem afetar sua concentração, que jornais leem ou quais as redes sociais que utilizam, ou se sentem-se capazes de julgar com equidade um caso altamente midiatizado e politizado.Tanto a Promotoria quanto a defesa podem recusar dez candidatos cada uma de uma seleção previamente feita pelo juiz. As audiências para definir a composição do júri serão retomadas na quinta-feira.

Se tudo avançar como até agora no Supremo Tribunal de Manhattan, espera-se que na segunda-feira sejam apresentadas as alegações iniciais de acusação e defesa. Se for considerado culpado, o que exige uma decisão unânime do júri, Trump, candidato republicano às presidenciais de 5 de novembro, pode ser condenado a quatro anos de prisão.

*Com informações da AFP

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Chefe de gabinete de Javier Milei renuncia na Argentina após dias de especulação

BUENOS AIRES ARGENTINA (FOLHAPRESS) - Após dias de especulação sobre conflitos internos, o chefe de gabinete do governo de Javier Milei na Argentina, Nicolás Posse, renunciou ao cargo na noite desta segunda-feira (27). Sua principal função era coordenar os trabalhos em conjunto dos ministérios. Em comunicado, a Casa Rosada disse brevemente que a saída de

‘Dia triste para os EUA’, diz Trump antes das alegações finais em seu julgamento

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos declarou nesta terça-feira (28) que o processo penal no qual é réu “nunca deveria ter ocorrido” e descreveu esta terça-feira, o dia de alegações finais, como um “dia obscuro para os Estados Unidos”. “Hoje é um dia obscuro para os Estados Unidos. Este caso nunca deveria ter ocorrido”, afirmou

Bilionário dos EUA planeja viagem de submersível aos destroços do Titanic

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O investidor imobiliário e bilionário Larry Connor, dos Estados Unidos, disse que planeja ir ao local onde estão os destroços do Titanic para provar que a viagem é segura, mesmo após a implosão "catastrófica" do submersível Titan, da OceanGate, há quase um ano. Na ocasião, todos os cinco ocupantes morreram.