Policia Civil cumpre mandados judiciais contra traficantes em Salvador

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A Policia Civil da Bahia, por meio do Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), realiza uma ação no Subúrbio Ferroviário de Salvador, na manhã desta quarta-feira (24), para o cumprimento de mandados judiciais contra envolvidos com organizações criminosas, responsáveis pelo narcotráfico. Três homens já foram presos e armas, munições e balanças foram apreendidas.

 

As atividades policiais têm como objetivo a repressão ao tráfico de drogas e os crimes conexos, principalmente os homicídios e demais crimes contra a vida.

 

Os alvos dos mais de dez mandados judiciais que estão sendo cumpridos são integrantes de organizações criminosas, responsáveis por confrontos decorrentes da disputa por territórios. As diligências estão sendo realizadas em conjunto com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Polícia Militar.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Porto Seguro lança novos uniformes para a Série B

O Porto Seguro Sport Club lançou nesta segunda-feira (20), seus novos uniformes para a campanha da Série B do Campeonato Baiano 2024. O clube anunciou os uniformes um e dois dos jogadores de linha e dos goleiros do time.           Ver essa foto no Instagram            

SSP promove 2º Nivelamento Interfederativo para Guarda Municipais

A Secretaria de Segurança Pública iniciou, nesta segunda-feira (20), o 2º Nivelamento Interfederativo para Guarda Municipais. A solenidade foi realizada no Auditório Cap PM Grec, prédio administrativo da pasta, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).  A capacitação tem foco no aprendizado e na troca de experiências entre Guardas Municipais e as Forças da Segurança Pública.

“Deixa os melancias se virar”: no STF, PM explica frase sobre Exército

A Procuradoria-Geral da República (PGR) questionou, nessa segunda-feira (20/5), quatro dos sete policiais militares do Distrito Federal denunciados por supostas omissões relacionadas aos atos antidemocráticos de 8 de janeiro de 2023. O grupo, que já é réu, presta depoimento no Supremo Tribunal Federal (STF) de forma virtual. Na oitiva do coronel Marcelo Casimiro, então titular