Fatos históricos estranhos que muita gente desconhece

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Fatos históricos estranhos que muita gente desconhece

O mundo está cheio de histórias surpreendentes que muitas vezes são esquecidas na história. O que só prova que existem muitos fatos históricos interessantes e aleatórios que você provavelmente nunca ouviu falar! Sabia, por exemplo, que usar garfo já foi considerado um sacrilégio ou que um governante com mania de grandeza foi atacado por coelhos? A gente não fazia ideia!

Desde as origens de Cleópatra até a carreira em luta livre de Abraham Lincoln, clique na galeria a seguir e descubra fatos históricos aleatórios que quase ninguém sabe!

©

Shutterstock / Getty Images

A Torre Inclinada de Pisa nunca foi reta

Conhecida por sua inclinação, a torre italiana foi construída no século XII. Quando a construção do segundo andar começou, a torre começou a se inclinar, devido ao solo instável.

©

Getty Images

Adolf Hitler e seus soldados usavam drogas

Durante a Segunda Guerra Mundial, médicos alemães prescreviam a droga metanfetamina Pervitin para as tropas quando elas se sentiam cansadas ou deprimidas. Documentos históricos também sugerem que Hitler inalou cocaína em pó para tratar problemas no sinus nasal.

©

Getty Images

Um grupo soviético de mulheres pilotos chamado Bruxas da Noite aterrorizaram n a z i s t a s durante a Segunda Guerra Mundial

A piloto Marina Raskova convenceu Joseph Stalin a deixá-la formar uma unidade de voo só com mulheres, que ficou conhecida como as Bruxas da Noite. E mesmo com seus equipamentos e aviões desatualizados, elas ainda conseguiram sobrevoar os alemães sem serem detectadas, lançando ataques surpresa.

©

Getty Images

Jogos Olímpicos realizavam competições em artes

De 1912 a 1948, eram concedidas medalhas para literatura, arquitetura, escultura, pintura e música. A arte precisava ter como tema o esporte.

©

Getty Images

Médicos italianos inventaram uma doença falsa para salvarem judeus do Holocausto

Em 1943, uma misteriosa e assustadora doença se espalhou pela Roma ocupada pelos  n a z i s t a s. Mas, 60 anos depois, foi revelado por médicos italianos que eles tinham inventado a “Síndrome K” para salvar judeus italianos. Pelo menos 20 pessoas foram salvas da deportação.

©

Getty Images

Ernest Hemingway sobreviveu a dois acidentes de avião em dois dias

Em 1954, o escritor Ernest Hemingway e sua esposa Mary Welsh tiveram uma viagem desastrosa, que resultou em dois acidentes de avião seguidos! Eles embarcaram para um passeio turístico em Uganda quando o primeiro avião caiu e eles tiveram que passar a noite na selva. No dia seguinte, embarcaram em um avião de resgate, que também caiu e pegou fogo. Felizmente, eles escaparam sem nenhum dano. Que sorte, né?

©

Getty Images

Napoleão Bonaparte já foi atacado por uma horda de coelhos

Napoleão solicitou que uma caça a coelhos fosse organizada para ele e seus homens. Mas quando os coelhos foram soltos de suas gaiolas, eles não fugiram! Ao invés disso, os animais atacaram Napoleão e seus homens de maneira cruel e ininterrupta.

©

Getty Images

Tanques britânicos são equipados com instalações de fabricação de chá

Desde 1945, todos os tanques de guerra britânicos têm um local especial para fazer chá. Desta forma, os soldados não precisam deixar o tanque para ferver água e, com isso, o risco de serem pegos pelo inimigo diminuem. Vai entender…

©

Getty Images

Cleópatra era de origem grega

Muita gente não sabe, mas a famosa governante egípcia tinha origem grega e era descendente de Ptolomeu, general macedônio de Alexandre, O Grande.

©

Getty Images

Beethoven usava uma vara de metal para sentir as vibrações musicais – Quando o compositor alemão Ludwig van Beethoven tinha 40 anos, ele ficou completamente surdo. E para continuar a trabalhar com música, ele descobriu que se apertasse uma vara de metal entre os dentes e a prendesse ao piano, ele poderia entender as vibrações.

©

Getty Images

A guerra mais curta da história durou 38 minutos

Travada entre a Grã-Bretanha e Zanzibar, a Guerra Anglo-Zanzibari ocorreu em 27 de agosto de 1896. O Sultão desse país tinha uma boa relação com a Inglaterra, mas ele faleceu de repente. O Sultão que o sucederia, não tinha o mesmo apreço. Então uma guerra foi iniciada – e finalizada na sequência.

©

Getty Images 

Pedro Álvares Cabral levou mais de um mês para chegar ao brasil

O navegador português partiu de Lisboa no dia 9 de março de 1500, ao meio-dia, e chegou ao Brasil em 22 de abril daquele mesmo ano. Sua comitiva era formada por 1.500 pessoas distribuídas em 10 navios de grande porte e três caravelas. Uma dessas embarcações, com 150 homens, desapareceu no fim daquele mês e nunca mais foi encontrada.

©

Getty Images

Os EUA recrutaram mais de 1.000 cientistas nazis após a Segunda Guerra Mundial

Quando a corrida espacial começou entre os EUA e a União Soviética, os americanos mergulharam na tecnologia  n a z i s t a  para avançar na Guerra Fria. O programa ultra secreto foi chamado operação Paperclip. Através dele, vários cientistas  n a z i s t a s  foram levados para os Estados Unidos e muitas evidências de crimes de guerra foram silenciosamente eliminadas.

©

Getty Images

Perus já foram adorados como deuses

Em 300 a.C., essas aves grandes eram consideradas pelo povo maia como vasos dos deuses e honradas com adoração. Eram símbolos de poder e prestígio. Perus eram domesticados para terem papéis em rituais religiosos.

©

Getty Images

Cerca de 20.000 confederados americanos fugiram para o Brasil

A Guerra Civil americana terminou em 1865. Muitos confederados (soldados pertencentes aos Estados do sul que eram escravagistas) não aceitaram a derrota. Por isso, cerca de 20.000 fugiram para o Brasil na esperança de que a escravidão legalizada do país preservasse suas tradições. A escravidão foi abolida no Brasil em 1888, mas até hoje os descendentes dos confederados se reúnem para celebrar sua herança.

©

Getty Images

A Universidade de Oxford é mais antiga que o Império Asteca

A universidade britânica abriu suas portas pela primeira vez para os estudantes em 1096, enquanto o Império Asteca teria se originado na cidade de Tenochtitlán (atual Cidade do México) em 1325.

©

Getty Images

Alexander Fleming inventou a penicilina por acidente

Quando o biólogo escocês Alexander Fleming saiu de férias em 1928, ele esqueceu de limpar corretamente uma de suas placas de Petri. Quando voltou, ele notou mofo nela e percebeu que isso tinha evitado que as bactérias crescessem. Ele entendeu que o mofo continha propriedades antibacterianas, descobrindo, assim, a penicilina.

©

Getty Images

Mulheres já foram proibidas de fumar em público em Nova York – Em 1908, Katie Mulcahey foi presa por acender um cigarro. Ela tinha acabado de se tornar a vítima da mais nova lei de Nova York, uma portaria de curta duração que proibia apenas as mulheres de fumarem em público. Durante a audiência, ela foi multada em US$ 5.

©

Getty Images

Um regimento só com pessoas negras lutou durante a Primeira Guerra Mundial

O 369º regimento de Nova York, conhecido com Harlem Hellfighters, lutou mais do que qualquer outra unidade durante a guerra. Infelizmente, apesar de muitos hellfighters esperarem que o serviço ajudasse a melhorar as relações raciais, eles voltaram para casa e ainda encontraram as leis racistas de Jim Crow em vigor.

©

Getty Images

Havia mulheres gladiadoras na Roma antiga

Você sabia da existência de gladiadoras? Essas lutadoras também eram chamadas de gladiatrix. Era um caso extremamente raro, mas existiam! Elas foram oficialmente banidas a partir de 200 d.C.

©

Getty Images

O imperador romano Calígula fez um de seus cavalos virar senador

Conhecido por sua insanidade, o imperador fez de seu amado cavalo Incitatus um senador. O cavalo recebeu uma tenda de mármore, uma coleira de joias e até mesmo uma casa.

©

Getty Images

Garfos costumavam ser vistos como sacrilégio

Introduzidos pela primeira vez na Itália no século XI por uma princesa bizantina, os garfos eram vistos como rudes e verdadeiros sacrilégios porque eram “mãos artificiais”. Mesmo no século XVI, os ingleses ainda ridicularizavam aqueles que se atreviam a usar o utensílio.

©

Getty Images

Rasputin sobreviveu a muitas tentativas de assassinato – Místico russo e amigo do czar Nicolas II, Rasputin sobreviveu a muita coisa. Ele foi envenenado, baleado e esfaqueado inúmeras vezes antes de se afogar no rio Volga.

©

Getty Images

Abraham Lincoln era um lutador talentoso – Por causa de seus membros longos, Lincoln foi um competidor de luta livre talentoso quando jovem. Ele só foi derrotado uma vez em aproximadamente 300 lutas e ganhou reputação como um lutador de elite em New Salem, Illinois.

©

Getty Images

Dom Pedro II levou terra do Brasil quando foi exilado

O imperador brasileiro não só levou essa lembrança das terras brasileiras, como morreu deitado em um travesseiro que continha o solo de seu país.

©

Getty Images

Ketchup era vendido na década de 1830 como remédio – Em 1834, o ketchup era vendido como cura para uma dor de estômago por um médico de Ohio chamado John Cook. Foi só no final do século XIX, que o ketchup se tornou um condimento popular!

©

Getty Images

O rei Leopoldo II da Bélgica é considerado um dos piores assassinos em massa – Os belgas tratavam a região do Congo como sua própria plantação de borracha. Sob o governo de Leopoldo, os nativos do Estado Livre do Congo sofriam mutilações em massa e eram assassinados. Autoridades da Bélgica castigavam regularmente as pessoas cortando suas mãos como punição por faltarem às cotas de trabalho.

©

Getty Images

A Maratona de Boston não tinha corredoras até 1967 – Como as mulheres não podiam correr a Maratona de Boston, Kathrine Switzer se inscreveu em 1967 usando apenas suas iniciais. Quando ela apareceu, os oficiais de corrida ficaram furiosos porque ela não era um homem e muitos tentaram impedi-la de correr. No entanto, ela conseguiu competir e terminar a corrida.

©

Getty Images

Alexandre, o Grande, foi acidentalmente enterrado vivo – Quando Alexandre, o Grande, morreu na Babilônia em 323 a.C., seu corpo não demonstrou sinais de decomposição por seis dias. Os cientistas de hoje acreditam que ele não estava realmente morto, mas que, na verdade, sofria de uma doença neurológica chamada Síndrome de Guillain-Barré. Ele estaria realmente paralisado, mas mentalmente consciente.

©

Getty Images

John Adams e Thomas Jefferson morreram no mesmo dia – Os dois fundadores dos Estados Unidos e eventuais presidentes morreram no dia 4 de julho de 1826, com quatro horas de diferença. Este dia também marcou o 50º aniversário da adoção da Declaração da Independência.

©

Getty Images

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Oposição no Equador vê derrota de presidente Noboa em referendo

Apesar de a população ter aprovado, com mais de 60% dos votos, nove das 11 questões feitas pelo governo do presidente Daniel Noboa, a oposição equatoriana defende que o mandatário saiu derrotado nas duas questões que consideram mais importantes: a mudança na legislação trabalhista e o reconhecimento da arbitragem internacional para resolver conflitos com empresas

Ordem judicial entrega controle sobre uma dos maiores partidos de oposição a líder conhecido por ser ‘colaborador’ de Maduro

O máximo tribunal da Venezuela entregou, nesta segunda-feira (22), o controle de um dos principais partidos da oposição a um líder expulso por essa organização política e rotulado como “colaborador” do governo do presidente Nicolás Maduro. A Sala Constitucional do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) ordenou “a nomeação de uma diretoria ad hoc para conduzir

Minas espalhadas pela Ucrânia serão legado escondido da guerra

ODESSA, UCRÂNIA (FOLHAPRESS) - O jornalista Dima Khilchenko ainda fica aflito de levar seus dois filhos à casa de campo da família em Tolokun, trecho de floresta a 60 quilômetros ao norte de Kiev, porque se suspeitava que havia minas terrestres por aquela rota. "Eles [o governo] já liberaram e disseram que é seguro ir