Homens são mortos a tiros dentro de pousada em Feira de Santana

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Dois homens foram mortos a tiros dentro de uma pousada, em Feira de Santana. Informações iniciais colhidas pela Polícia Civil apontam que dois homens e uma mulher entraram no estabelecimento e pediram um quarto.

Pouco depois, homens armados invadiram o local, atiraram contra as vítimas e fugiram. Não há informações se a mulher também foi atingida, nem sobre o estado de saúde dela. O caso aconteceu na sexta-feira (10).

As guias de perícia e remoção dos corpos foram expedidas e testemunhas já prestaram depoimento, diz a polícia. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Feira de Santana.
 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Polícia Civil prende dois homens por tráfico de drogas no Bairro da Paz, em Salvador

Investigadores do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) autuaram dois homens em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, nesta quinta-feira (11), no Bairro da Paz, em Salvador. Quarenta e nove pinos de cocaína, 36 porções de maconha, dois celulares e uma quantia em dinheiro foram apreendidos com a dupla, que já tem passagem pelo mesmo

O candidato de Lula a presidente da Câmara não será o de Arthur Lira

A fala original de Ulysses Guimarães, presidente do MDB, da Câmara dos Deputados e da Constituinte de 1988, foi esta: “Não se pode fazer política com o fígado, conservando rancor e ressentimentos na geladeira. A Pátria não é capanga de idiossincrasias pessoais. É indecoroso fazer política uterina em benefício de filhos, irmãos e cunhados. O

Barroso nega pedido de impedimento de Flávio Dino no inquérito do 8/1

O ministro Luís Roberto Barroso negou, no dia 24 de março, um pedido para declarar Flávio Dino impedido de julgar a ação sobre os atos golpistas do 8 de janeiro.   O pedido, apresentado pelo advogado Ezequiel Silveira, que defende um dos golpistas, aponta que Dino, até o final de 2023, estava diretamente envolvido na