Lira afasta deputado do PT para devolver mandato a parlamentar cassado

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), acatou decisão do ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), e afastou, nesta sexta-feira (3/6), o deputado Márcio Macêdo (PT) do cargo. O petista ocupava cadeira de deputado eleito pelo Sergipe no lugar de Valdevan Noventa (PL), que teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e posteriormente devolvido por Nunes Marques. A medida foi publicada no Diário Oficial.
Em razão da perda do cargo, o PT apresentou, nesta tarde, um recurso ao STF, questionando a decisão de Nunes Marques, que devolveu o mandato do parlamentar cassado por abuso de poder econômico e compra de votos na campanha eleitoral de 2018.
Na avaliação do partido, a decisão �??atenta contra os preceitos processuais e, gerará grave lesão à ordem pública�?�. No mesmo dia em que devolveu o mandato ao deputado bolsonarista, o ministro também estendeu a medida a outro parlamentar cassado: Fernando Francischini (União-PR).
Ao decidir pelo devolução do mantado, o ministro afirmou que, em ano eleitoral, existe �??risco de dano de difícil ou impossível reparação�?� uma vez que o acordão do julgamento do TSE, feito em abril deste ano, ainda não teria sido publicado.
Mais sobre o assunto Política PT recorre ao STF de decisão que devolveu mandato a bolsonarista Justiça Nunes Marques devolve mandato de cassado do PL por abuso de poder Política Bolsonaro elogia Nunes Marques por devolver mandato a deputado Brasil Moraes rebate Nunes Marques: quem espalhar fake news será cassado Desta forma, de acordo com o magistrado, a defesa do parlamentar teria sido impedida de apresentar recurso contra a decisão. Em 17 de abril, a Corte do TSE confirmou a cassação e a inelegibilidade de Valdevan retificando decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE).
Valdevan Noventa foi condenado por �??captação e gasto ilícito de recursos mediante depósitos de valores de origem não identificada�?�. O relator no TSE, ministro Sérgio Banhos, afirmou que o abuso de poder foi �??robustamente demonstrado nos autos, não restando dúvida de que houve a irrigação de recursos ilícitos, não declarados e de fontes vedadas na campanha eleitoral do parlamentar, em desconformidade com a legislação vigente�?�.
Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.
O post Lira afasta deputado do PT para devolver mandato a parlamentar cassado apareceu primeiro em Metrópoles.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Google passará a vetar anúncio político em buscas e YouTube após regra eleitoral do TSE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Google anunciou que atualizará suas políticas para deixar de permitir a veiculação de anúncios políticos no Brasil via Google Ads, o que inclui YouTube, resultados na busca e demais tipos de publicidades contratadas pela ferramenta da empresa. Em nota, a empresa diz que essa atualização "acontecerá em maio tendo

Boulos tem 35,6%; Nunes, 33,7%; Tabata, 14,7%; e Kim, 9,4% em São Paulo, diz pesquisa Atlas

O deputado federal Guilherme Boulos (PSOL) tem 35,6% das intenções de voto para a Prefeitura de São Paulo, contra 33,7% do atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB), aponta a pesquisa Atlas/CNN Brasil divulgada nesta quarta-feira, 24. Ambos estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro de 2,5 pontos porcentuais (p.p.). A terceira colocada é a deputada

Moraes arquiva ação de suposto asilo de Bolsonaro na Embaixada da Hungria

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes concluiu que não há evidências que comprovem que Jair Bolsonaro (PL) buscou asilo na Embaixada da Hungria, em Brasília, em fevereiro deste ano. Como revelou o The New York Times, o ex-presidente passou dois dias na missão diplomática em Brasília