VÍDEO: Filha de João Gilberto samba em bandeira do Brasil e pede desculpas

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A cantora Bebel Gilberto, filha do cantor João Gilberto, pediu desculpas por ter sambado na bandeira do Brasil durante sua apresentação nos Estados Unidos. 

 

“Não gosto de fazer isso porque não sou Bolsonaro. Desculpa, eu não devia fazer isso. Mas estou orgulhosa de ser brasileira ou não?”, disse Bebel ao sambar na bandeira. 

 

Em seu perfil no Instagram, Bebel disse que a ação foi impensada e que se tivesse raciocinado perceberia que a atitude voltaria contra seus ideais políticos. 

 

“Se tivesse tido tempo de raciocinar teria me ocorrido que eu estava entregando de presente para a extrema-direita uma imagem com a qual poderiam destilar o seu ódio repugnante e o seu falso patriotismo – essa gente que sequestrou os símbolos nacionais e corrói a democracia brasileira com o seu projeto autoritário de poder… Foi por esse motivo que soltei o nome do inominável no meu gesto impulsivo no palco” iniciou a cantora.

 

Bebel ainda ressaltou seu amor pelo Brasil e disse acreditar que “em breve os radicais do ódio serão varridos para o lixo da História”. 

 

“Aos brasileiros de bem que como eu são defensores intransigentes da democracia mas se sentiram ofendidos com o meu ato impensado, minhas sinceras desculpas. O Brasil é maior que qualquer governo ou político”, concluiu a cantora.

Veja o momento a partir de 1 minuto do vídeo:

 

 

 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Bebel Gilberto (@bebelgilberto)

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Nikolas Ferreira é condenado por transfobia contra deputada Duda Salabert

Os desembargadores da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais confirmaram nesta terça-feira, 5, a condenação do deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) por ofensas transfóbicas à deputada Duda Salabert (PDT-MG). "Eu ainda irei chamá-la de 'ele'. Ele é homem. É isso o que está na certidão dele, independentemente do que ele acha que

Dino e Gonet têm ajuda de ministros e Aras no Senado

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ministros do governo Lula (PT) e do STF (Supremo Tribunal Federal) têm conversado com senadores e encorpado a campanha a favor do ministro Flávio Dino para o Supremo e do procurador Paulo Gonet para a PGR (Procuradoria-Geral da República). No caso de Gonet, a ajuda também vem do ex-procurador-geral da República

PL das Fake News deve ganhar força em 2024 com eleições municipais

O debate em torno de melhorias e daaprovação do Projeto de Lei 2.630, conhecido como PL das Fake News, foi o principal tema na manhã desta terça-feira (5) no Seminário Informação, Big Techs e Democracia na América Latina, que ocorre na capital paulista. Segundo Paulo Rená, ativista da Coalizão de Direitos na Rede, a discussão está