CMS: Justiça determina suspensão da convocação de Décio Martins

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou, nesta segunda-feira (8), a suspensão da convocação do secretário da Saúde de Salvador, Décio Martins. Ele foi convocado pela Câmara de Vereadores da capital para prestar esclarecimentos acerca de denúncias do vereador Carlos Muniz (PTB), na sessão ordinária do dia 14 de junho.

 

A pedido do vereador Cláudio Tinoco (União), o advogado do partido União Brasil, Ademir Ismerim, entrou com um mandado de segurança contra a convocação do secretário, alegando que o procedimento foi ilícito, assim como outras ações do presidente da Câmara, Geraldo Jr. (MDB). O argumento foi acatado pelo TJ-BA. 

 

Na decisão, o Juiz de Direito da 8ª Vara da Fazenda pública de Salvador, Pedro Rogério Castro Godinho, disse: “Pela ata da 14ª Sessão Ordinária, datada de 14/06/2022, colacionada aos autos (ID Num. 220929822 – Pág. 8), percebe-se, de forma perfunctória, que os votos não tiveram quórum condizente com o Regimento Interno da Câmara Municipal de Salvador”.

 

O juiz no documento ainda suspendeu a convocação do secretário de Saúde para comparecer ao Plenário Cosme de Farias. “Requer liminarmente a suspensão da produção dos efeitos jurídicos inerentes aos atos impugnados por meio deste Mandado de Segurança e, por consequência, suspensão a convocação e a necessidade comparecimento do Secretário Municipal de Saúde junto à Câmara Municipal de Salvador-BA na data de 09 de agosto de 2022, às 16:00 horas, e que sejam instadas as Autoridades Coatoras para que forneçam em Juízo, no prazo de 72 (setenta e duas) horas, cópia integral dos processos administrativos”, determinou.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro chega acuado a ato e busca demonstrar força política contra investigações

MARIANNA HOLANDA E GABRIELA BILÓBRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) aposta mais uma vez numa manifestação na avenida Paulista, em São Paulo, para tentar demonstrar seu capital político. Neste domingo (25), o ex-presidente tem como principal objetivo apresentar um retrato de que mantém apoio popular e, dessa forma, reagir ao avanço das investigações sobre

Influenciador português que entrevistou Bolsonaro diz ter sido detido pela PF no Brasil

O influenciador português Sérgio Tavares, que recentemente entrevistou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma live em seu canal no YouTube, postou um vídeo em seu perfil no X (antigo Twitter) em que diz ter sido detido pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto de Guarulhos (GRU) ao desembarcar no Brasil, na manhã deste domingo, 25.

Em último ato na Paulista, Bolsonaro chamou Moraes de canalha e atacou urnas e o STF

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve discursar na tarde deste domingo, 25, em um ato convocado após ele se tornar alvo de investigação sobre tentativa de golpe de Estado. A manifestação vai ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, uma via pública conhecida como palco de atos políticos - e não será a primeira vez