Juazeiro: Mutirão da Justiça Federal para instruir processos previdenciários

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Até sexta-feira (5), a Justiça Federal de Juazeiro estará em regime de mutirão de audiências. A força-tarefa foi iniciada nesta segunda-feira (1º) para instruir mais de mil processos previdenciários. 

 

Os processos têm por objeto pedidos de aposentadorias de trabalhadores rurais da cidade de Juazeiro e de mais 8 municípios que integram a Subseção Judiciária, são eles: Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaçá, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho e Uauá. 

 

Com o objetivo de evitar aglomerações, preservando a saúde de todos os envolvidos na prática dos atos processuais, bem como de reduzir as despesas operacionais e propiciar maior comodidade aos jurisdicionados, o mutirão ocorre na modalidade semipresencial, com a participação das partes e advogados, por videoconferência. 

 

O juiz titular da Justiça Federal de Juazeiro, Wagner Mota Alves de Souza e o juiz substituto, Thiago Queiroz Oliveira, contam com o apoio de mais cinco magistrados federais e três servidores designados pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). 

 

Foram instaladas cinco salas de audiências virtuais simultâneas, uma para cada juiz designado. Dentro da dinâmica do Plano de Trabalho do mutirão está prevista a realização de 40 audiências de instrução e julgamento, por dia e por magistrado, com a prolação de sentenças líquidas, sendo 20 audiências realizadas no turno da manhã (8h às 12h) e 20 audiências no turno da tarde (14h às 18h).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Polícia prende três homens suspeitos de integrar milícia na zona norte do Rio

Três homens suspeitos de integrar uma milícia foram presos em flagrante em Campo Grande, zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira, 30. As prisões foram efetuadas pelos agentes da 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (8ª DPJM) e da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE). Segundo informações da Secretaria de

Polícia prende grupo especializado em sequestros na Grande SP

Pelo menos quatro pessoas foram presas pela Polícia de Civil de São Paulo durante a Operação Fake Workers na terça-feira, 28. Os suspeitos são investigados de integrar um grupo especializado em sequestro na Grande São Paulo. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão temporária expedidos pela Justiça nas cidades de Guarulhos e

Nem Gabigol, nem Cano, nem Pedro Raul, o nome da fera é Lelê

No último sábado (4/3), o Volta Redonda goleou o Madureira por 6 x 0 ,e continua embolado, no alto da tabela, junto com Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo, no pelotão de frente, neste Cariocão.E o destaque do time é o atacante Lelê, que fez...