Polícia invade universidades e prende dezenas de jovens no Irã

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

As forças de segurança do Irã lançaram uma série de ataques ontem contra estudantes universitários, prendendo dezenas de jovens. Segundo a União dos Estudantes e grupos de direitos humanos, os ataques às universidades se intensificaram nos últimos dias, após o fim do luto de 40 dias da morte de Mahsa Amini, assassinada sob custódia da polícia moral do Irã, em setembro. O caso desencadeou oito semanas de protestos contra o regime.

A União dos Estudantes do Irã documentou mais de 40 prisões de estudantes universitários e está coletando relatórios de detenções e invasões de universidades por forças de segurança em todo o país em seu canal Telegram.

A ONG Hengaw para os Direitos Humanos, com sede na Noruega, que monitora a situação em áreas curdas no Irã, disse que o destino de dezenas de jovens presos na semana passada e dezenas de outros detidos pelas forças de segurança por participar de protestos anteriores permanece desconhecido.

Em 30 de outubro, a ONG Human Rights Watch estimou que pelo menos 308 estudantes haviam sido detidos desde o início dos protestos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Oportunidades crescem para especialistas em Leis de Licitação e Contratos com salários que podem chegar a R$6.800

Com a recente promulgação da Lei nº 14.133/2021, conhecida como a nova Lei de Licitações e Contratos, a demanda por especialistas qualificados nesse setor tem crescido significativamente. Esta legislação introduziu mudanças profundas nas práticas de licitação e contratação pública e privada no Brasil, ampliando a necessidade de profissionais bem preparados para navegar neste cenário complexo.

Dentista suspeito de tentar matar motorista de aplicativo é preso na casa dos pais

O dentista Rodrigo Barreto, apontado como autor de uma tentativa de homicídio contra a motorista de aplicativo Lilian Borges, durante uma corrida em Camaçari, foi preso na tarde desta quarta-feira (24). Ele foi  levado para a 26ª Delegacia de Abrantes.    O mandado de prisão, conforme noticiado com exclusividade pelo site Alô Juca, foi cumprido

PMs da operação escudo viram réus acusados de matar homem desarmado

São Paulo — Dois policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) viraram réus após o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) aceitar nesta quarta-feira (24/4) a denúncia do Ministério Público que diz que os PMs mataram um homem desarmado e plantaram uma pistola na cena de um crime ocorrido em julho de 2023