Defesa recorre de decisão do TSE que tornou Bolsonaro inelegível

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Logo Agência Brasil

O ex-presidente Jair Bolsonaro recorreu nesta segunda-feira (7) da decisão Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o condenou à inelegibilidade pelo período de oito anos, em junho.ebcebc

O TSE julgou a conduta de Bolsonaro durante reunião realizada com embaixadores, em julho do ano passado, no Palácio da Alvorada, para atacar o sistema eletrônico de votação. A legalidade do encontro foi questionada pelo PDT.

Notícias relacionadas:

  • Comissão de Ética abre processo sobre caso das joias de Bolsonaro.
  • TSE publica decisão que tornou Bolsonaro inelegível por oito anos.
  • Bolsonaro recebeu R$ 17,2 milhões via Pix, aponta relatório do Coaf .

No início da noite desta segunda-feira, a defesa do ex-presidente protocolou no TSE os chamados embargos de declaração. Não há prazo para o julgamento do caso.

O recurso pretende apontar erros ou contradições no acórdão do julgamento. O documento foi publicado na semana passada e tem 433 páginas.

A sentença do colegiado reúne a íntegra do julgamento, incluindo os votos dos ministros e as fundamentações que levaram ao resultado do julgamento.

Os advogados ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Três dos sete ministros do TSE também fazem parte do STF e podem participar do julgamento de eventual recurso.

Pelas regras internas da Corte, os ministros que atuam no tribunal eleitoral não ficam impedidos automaticamente de julgar questões constitucionais em processos oriundos do TSE.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Polícia Militar apreende drogas em Candeias

Policiais Militares da 10ª CIPM apreenderam drogas em Candeias, na manhã de sábado (24). Os oficiais realizavam patrulhamento na Rua Alto do Dendê, no bairro Santo Antônio, quando avistaram um homem em atitude suspeita, em posse de uma bolsa.   Após abordagem, os policiais encontraram 64 porções de cocaína, 38 pedras de crack e dinheiro

Vale-transporte: TJSP autoriza volta das integrações do Bilhete Único

São Paulo – O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) determinou que a gestão Ricardo Nunes (MDB) volte a permitir que os usuários do Bilhete Único na modalidade vale-transporte possam fazer até quatro integrações no período de três horas, como ocorria até 2019. A regra tinha sido alterada pelo então prefeito Bruno Covas (PSDB), que

Homem é preso se masturbando enquanto mulher tomava banho em Guanambi

Um homem foi preso, nesta sexta-feira (23), se masturbando enquanto uma mulher tomava banho em sua residência, no bairro Morada Nova, no município de Guanambi.   De acordo com o site Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias, ao perceber a ação do indivíduo, a mulher acionou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A vizinha