Após música de Aymeê Rocha, artistas pedem providências para a Ilha de Marajó

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Após a cantora gospel Aymeê Rocha chamar atenção para a exploração sexual de crianças na Ilha de Marajó, com a música “Evangelho de Fariseus”, a região paraense voltou a ser foco de preocupação nacional. A música, apresentada na semifinal do Dom Reality no dia 16 de fevereiro, trouxe à tona discussões sobre o grave problema social enfrentado pela ilha.

Diversos artistas expressaram sua indignação e cobraram providências das autoridades. Entre eles, o ex-BBB Eliézer, que incentivou seus seguidores a se informarem sobre a situação. Rafa Kalimann, conhecida por seu engajamento em causas sociais, e Claudia Leitte, que já gravou clipe contra a exploração sexual, também se manifestaram sobre a urgência de ações para proteger as crianças da região.

A situação da Ilha de Marajó, que possui o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil, não é um problema recente. Em 2019, a então ministra da Família e Direitos Humanos, Damares Alves, destacou o esquema de tráfico e prostituição de menores na área, lançando o programa Abrace o Marajó. Entretanto, o programa foi criticado por sua eficácia limitada.

Recentemente, a Ilha do Marajó foi incluída no Programa Cidadania Marajó, uma iniciativa do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania focada no combate ao tráfico e abuso sexual de crianças e adolescentes. Apesar dos esforços, a comunidade local continua exigindo medidas mais efetivas dos políticos e autoridades para erradicar a exploração sexual de menores na região.

A repercussão da canção de Aymeê e as declarações de artistas e influenciadores destacam a necessidade de uma atenção contínua e de ações concretas para proteger as crianças e adolescentes da Ilha de Marajó, combatendo a exploração sexual e garantindo seus direitos e segurança.

The post Após música de Aymeê Rocha, artistas pedem providências para a Ilha de Marajó appeared first on Fuxico Gospel.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Como pastor do PCC fez fortuna comprando igrejas para lavar dinheiro

No interior de São Paulo, em um condomínio de luxo em Sorocaba, Geraldo dos Santos Filho, de 48 anos, conhecido como Pastor Júnior, foi preso há pouco mais de um ano, acusado de lavar dinheiro para o Primeiro Comando da Capital (PCC) utilizando igrejas evangélicas. De acordo com investigações do Ministério Público do Rio Grande

Exclusivo: Entenda a crise na família do apóstolo Renê Terra Nova

O apóstolo Renê Terra Nova, líder do Ministério Internacional Restauração (MIR), já não consegue esconder a crise familiar que vive em sua casa, especialmente com sua filha Agnes Terra Nova e o genro, Victor Martutchelli. No ano passado, o casal fundou sua própria igreja em Manaus, a Comunidade Cristã A Base, a partir de um

Pastor é preso por amarrar o pênis do filho de 7 anos por 3 dias após a criança urinar na cama

Em Apiacás, cidade localizada a 1.005 km de Cuiabá, Mato Grosso, um homem de 43 anos foi detido sob a acusação de torturar seu enteado de 7 anos. O caso ocorreu nesta terça-feira (23) e envolveu o uso de um barbante para punir o menino, que havia urinado na cama. O suspeito, que é pastor