TAGS

Marcelo Castro critica cobertura da imprensa e diz que polícia não gosta de jornalista: “Desde a ditadura batem nos militares”

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O jornalista Marcelo Castro disparou contra os colegas de imprensa durante sua participação no Bargunça Podcast, na noite desta terça-feira (16). O apresentador e repórter do programa Alô Juca da TV Aratu, criticou a cobertura policial feita pelos veículos de comunicação da Bahia.

Ele disse que consegue informações exclusivas por causa de seu bom relacionamento com os agentes de segurança. “Polícia não gosta de jornalista. Desde a ditadura, jornalista bate nos militares porque dá audiência bater. Um policial militar está numa situação que ele pode errar, ele tem milésimos de segundos para decidir se vai ou não atirar. Aí o jornalista massacra o policial por que vai dar audiência, aí vem os direitos humanos, isso e aquilo…”, afirmou o jornalista. 

 

“Não faço matéria sacaneando ninguém. Tem jornalista que quando está na sua frente te bota lá em cima e no primeiro erro seu vai lhe fuder, 90% faz isso aí”, acrescentou.

Durante a entrevista, Marcelo Castro também revelou de onde surgiu o bordão que o tornou conhecido. “Quando entrevisto policiais, para não chamar o nome deles, comecei a chamar eles de Juca, aí pegou. Depois criei o site e agora estamos com o projeto na TV”, contou. 

O Bargunça Podcast tem apoio do Bahia Notícias e é patrocinado pelo Boteco do Caranguejo, o Espetto Baiano e a Paramana Gin.

 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Transporte irregular de madeira é flagrado pela PM em Oliveira do Brejinhos

Equipes da Cippa Lençóis interceptaram, na noite de quarta-feira (29), um caminhão com madeira na BR-324, nas imediações do município de Oliveira dos Brejinhos. Os pms realizavam ações de patrulhamento ambiental na localidade conhecida como Beira Rio, quando flagraram um caminhão transportando 31 metros cúbicos de lenha nativa.   O condutor do veículo não apresentou

Aprovado projeto de Bacelar que proíbe cobrança de primeira via de diplomas por universidades e escolas

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou na reunião desta quarta-feira (29) o PL 761/19, de autoria do deputado Bacelar (PV-BA), que proíbe as instituições de ensino superior e as escolas públicas e privadas de cobrarem pela primeira via dos diplomas e outros documentos acadêmicos. O projeto agora segue para ser analisado pela

Mani Rego participa de campanha do CNJ contra violência doméstica

A assistente social e empreendedora Mani Rego participa de uma campanha lançada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de combate à violência doméstica e contra a mulher.  A ex-namorada do campeão do BBB24, Davi Brito, estrela peça publicada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em suas redes