TAGS

Operação afasta servidores acusados de desvios na pandemia em Conquista; denúncia partiu de prefeitura

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Quatro servidores ligados à secretaria de saúde de Vitória da Conquista, no Sudoeste, foram afastados das funções. O grupo é alvo da Operação Dropout, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (25).

 

Além de Vitória da Conquista, os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em Salvador, com apreensão de R$ 123 mil em espécie, além de valores em moeda estrangeira [euro e dólar] e carros de luxo.

 

As ações na capital baiana ocorreram na sede da empresa acusada de participar de um esquema de compras de testes para Covid-19 em conluio com a secretaria de saúde à época. Outros mandados foram cumpridos em Belo Horizonte e Nova Lima, ambas em Minas Gerais.

 

As informações foram detalhadas pelo delegado federal Rodrigo Kolbe, em coletiva de imprensa acompanhada pelo Blog do Anderson, parceiro do Bahia Notícias. Segundo o delegado, as investigações começaram após publicação da denúncia em um site local e consequente ordem da Procuradoria da prefeitura, à época sob gestão do prefeito Herzem Gusmão (MDB), para que se investigasse o caso.

 

Kolbe disse ainda que a secretaria de saúde tinha autonomia financeira e administrativa, o que permitiu que os investigados se ocupassem dos procedimentos de compra. Por meio de dispensa de licitações, os contratos eram feitos por cotações que eram direcionadas a uma empresa de Belo Horizonte. Esta companhia tinha como sócia uma pessoa ligada à então Diretora de Vigilância em Saúde municipal. A secretaria de saúde à época também foi alvo da operação. Os nomes das duas não foram informados.

 

“A secretaria de saúde funcionava de modo autônomo, como se fosse outra prefeitura. Ela não depende da prefeitura para nada. Tem o seu orçamento próprio, com CNPJ próprio”, disse o delegado.

 

A estimativa da PF é que pelo menos R$ 677 mil foram superfaturados nas aquisições de testes de detecção de antígenos do SARS-CoV-2 pelos métodos de fluorescência e imunocromatografia. Até o momento não houve prisões dos investigados. 

 

O nome Dropout faz alusão a uma série que conta a história de uma empresa que conseguiu enganar investidores, prometendo um revolucionário método de testes com sangue.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Após acusação de aliado, prefeito de Camaçari nega cobrança de propina a empresa de água sanitária

Após o vazamento de um áudio em que o prefeito de Mata de São João, Bira da Barraca (União), afirma que a prefeitura de Camaçari supostamente teria cobrado propina para a instalação da fábrica da empresa de água sanitária Dragão no município, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, se manifestou sobre as acusações do correligionário. 

Inquilina é morta, na frente do filho de dois anos, por ex-namorado de dona do imóvel

Uma mulher foi morta a facadas enquanto dormia ao lado do seu filho de dois anos na cidade de Guaramirim, em Santa Catarina. O suspeito do crime é o ex-companheiro da proprietária do imóvel. Após o crime, o homem filmou a cena e foi preso preventivamente.   De acordo com o G1, a ex-companheira dele

Presidente do Sindicato dos Rodoviários afirma que “não haverá greve em Feira de Santana”

O presidente do Sindicato dos Rodoviários em Feira de Santana, Alberto Nery, afirmou que os acordos previstos dos rodoviários do município e garantiu não haver possibilidade de aderir à greve junto aos trabalhadores da capital baiana.   Em entrevista ao Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o representante da categoria reforçou que assim como os