Meteoros de rastros do Halley podem ser vistos na madrugada de domingo

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A passagem dos meteoros Eta Aquariids (ou Eta Aquáridas) de 2024 poderá ser vista a olho nu nos céus do Brasil entre a noite deste sábado (4) e a madrugada do domingo (5). 

O pico está previsto para a partir das 2 horas da madrugada de domingo.

De acordo com o Observatório Nacional, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o evento astronômico pode produzir até 50 meteoros por hora a uma velocidade de 65,5 km/seg.

Sobre as condições ideais de escuridão e tempo, a previsão é que nessa noite, a lua minguante estará apenas 14% iluminada, o que deve favorecer a observação dos meteoros, porque interferirá pouco na iluminação celeste. A poluição luminosa e o clima, como céu nebulosos, também prejudicam a observação do fenômeno.

A chuva de meteoros Eta Aquarids, também chamada de meteor shower, é um evento astronômico anual que ocorre quando a Terra passa pelos fragmentos deixados pelo cometa Halley.

O fenômeno geralmente é visível no Hemisfério Sul durante os meses de abril e maio e o pico do espetáculo luminoso ocorre, geralmente, no início de maio. Os meteoros parecem se originar da constelação de Aquário, por isso o nome “Eta Aquarids”.

O coordenador do projeto brasileiro de pesquisa de meteoros da EXOSS Citizen Science Project, parceiro do Observatório Nacional, o astrônomo Marcelo Antônio, explica que esses meteoros “são famosos por sua alta velocidade e longas trilhas, o que a torna espetacular para observação.”

Neste ano, os fragmentos do cometa Halley já foram percebidos cruzando os céus de Santa Catarina, desde quarta-feira (1º).

Meteoros são corpos celestes pequenos que cruzam o espaço e penetram na atmosfera do planeta e se incendeiam parcial ou completamente devido à interação com a atmosfera e oxigênio. O fenômeno cria uma luminosidade no céu, popularmente conhecida como “estrela cadente”.

Uma chuva de meteoros ocorre quando diversos detritos de meteoritos cruzam o céu noturno e tem origem em um ponto comum, chamado de radiante.

O estudo dos meteoros ajuda a estimar a quantidade e período de maior incidência desses corpos celestes que atravessam a Terra periodicamente. As análises são úteis às missões espaciais e centros de controle de satélites para proteção de equipamentos em órbita próxima à Terra e da Lua, como satélites e voos de naves.

*Com informações da Agência Brasil

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Rede social X vai mudar a forma como funcionam os ‘likes’

A empresa responsável pela rede social X (ex-Twitter) tomou a decisão de tornar privada a informação de ‘likes’. Significa isto que os usuários poderão ver as publicações onde colocaram ‘like’, mas que outras pessoas não terão essa capacidade. Um dos engenheiros do X explicou a decisão numa publicação compartilhada na própria rede social, indicando que

OpenAI diz que não teve intenções de copiar voz de Scarlett Johansson

A OpenAI compartilhou uma publicação no seu blogue oficial onde tenta explicar toda a confusão e polêmica em torno da voz do ‘chatbot’ Sky na app do ChatGPT - voz esta que muitos consideraram ser semelhante à de Scarlett Johansson. O incômodo foi tal que até a atriz veio a público pronunciar-se sobre o assunto.

TikTok cria regras para limitar alcance de contas governamentais em outros países

O TikTok está estabelecendo novas regras para limitar o alcance de contas de Estado que tentam exercer influência em outros países durante períodos eleitorais. A empresa, que passou a identificar de forma especial perfis ligados a órgãos de Estado há dois anos, anunciou, em comunicado, que as contas identificadas que tentam "alcançar comunidades fora de