Familiares de chapa morto reclamam de falta de espaço em cemitério em Itamaraju

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um fato inusitado aconteceu na manhã desta quinta-feira (11), durante o enterro de Aertes Gomes de Oliveira (33 anos), vítima de um acidente ocorrido na BA-498, trecho entre os municípios de Itamaraju e Prado.

Aertes Gomes de Oliveira ficou internado 25 dias no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF).

A família não aceitou enterrar o falecido na cova rasa que estava aberta no cemitério Cosme e Damião. O caso terminou com os familiares e amigos ajudando a aprofundar a cova.

Um vídeo gravado no local, mostra a indignação da família. “Nem mesmo na hora do sepultamento o cidadão tem paz , reclamou uma mulher.

Outros familiares denunciaram a falta de espaço no cemitério, com covas sendo abertas em meio à restos mortais de outras pessoas, ali já sepultadas. “Você não viu não, tá batendo fofo, aqui não tem mais lugar onde enterrar. Que falta de respeito�??, reclamou.

.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Liga de Futebol de Itamaraju tem novo presidente

Dois meses após a conquista do pentacampeonato no Intermunicipal, a Liga de Futebol de Itamaraju (LFI) elegeu a sua nova diretoria para o biênio 2024/2025. Três chapas concorreram ao pleito, realizado na noite desta segunda-feira (29), saindo como vencedora a “União e Transparência”, encabeçada...

Mototaxistas de Itamaraju elegem nova diretoria

A nova diretoria foi eleita nesta quinta-feira, dia 18 de janeiro, durante assembléia para a escolha dos novos membros. A chapa eleita foi composta de Jainei Santos (presidente), Jairo Lucas Figueiredo (tesoureiro) e Amilton de Jesus (Secretário). Os três vão representar a Associação de Mototaxistas de...

Mulher é encontrada morta em Itamaraju

O corpo foi encontrado no início da manhã desta sexta-feira (15) de dezembro, no prédio abandonado da antiga Justiça do Trabalho, localizado na Avenida Getúlio Vargas, no centro de Itamaraju. A vítima, uma mulher, que estava sem nenhum documento, contudo, conhecida como Adriana, foi morta...