Idosa é esfaqueada pelo próprio filho no bairro da Engomadeira, em Salvador

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

csm hgrs d383f1e013

Uma idosa de 65 anos foi vítima de tentativa de homicídio na madrugada deste domingo (20), em Salvador. O crime aconteceu na Travessa São Francisco, no bairro da Engomadeira. A mulher, identificada como Margarida Rocha Machado, sofreu golpes de faca. De acordo com testemunhas, o autor do crime seria o próprio filho da vítima. Uma outra filha de Margarida já foi ouvida pela polícia e confirmou a suspeita das testemunhas de que o irmão seria o autor do crime. 

Segundo a Polícia Civil, que investiga o crime como feminicídio, o filho de Margaria, que não teve idade e nome revelados, teria sido morto em seguida por um grupo de homens não identificados. 

A Polícia Militar foi acionada às 3h50 do domingo. A idosa foi levada para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), onde segue internada. A assessoria do hospital não informou o estado de saúde da idosa. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Senado aprova projeto que favorece réu em caso de empate nos tribunais superiores

O Senado aprovou projeto de lei, nesta quarta-feira (21), que favorece o réu quando houver empate em julgamentos em tribunais superiores e altera regras para expedição de habeas corpus de ofício. O PL 3453/2021, de relatoria do senador Weverton (PDT-MA), irá retornar para a Câmara dos Deputados.   O senador Weverton defendeu que o empate

CBF condena atentado contra ônibus do Fortaleza: “Lamentável e inadmissível”

Em nota divulgada na manhã desta quinta-feira (22), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) condenou o atentado contra o ônibus do Fortaleza ocorrido na noite da última quarta (21), após o jogo contra o Sport, pela Copa do Nordeste. A entidade destacou a busca por punição aos envolvidos.   "Desejo pronta recuperação a todos os

Entenda porque Daniel Alves poderá ser libertado em maio deste ano

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão nesta quinta-feira (22/2), pelo crime de agressão sexual a uma jovem espanhola de 23 anos. Apesar da sentença, Daniel Alves poderá deixar o Centro Penitenciário Brians 2, onde está preso desde janeiro de 2023, em maio de 2024. A condenação do brasileiro foi