Bolsonaro antecipou a deputado cassado decisão de Kassio Nunes

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Foi Jair Bolsonaro quem informou, na tarde de quinta-feira (2/6), o deputado estadual Fernando Francischini sobre a devolução de seu mandato, com a decisão do ministro Nunes Marques de suspender a cassação determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Só minutos após a chamada a decisão de Nunes Marques foi publicada no site do STF.
A família Francischini comanda o União Brasil do Paraná, diretório do partido que Bolsonaro espera que o apoie.
Na terça-feira (31/5), o presidente expressou isso em uma entrevista à rádio Massa FM.
Francischini teve seu mandato cassado em outubro de 2021 e desde então vinha tentando reverter a decisão do TSE. Em maio deste ano, entrou com uma ação no STF pedindo a anulação da decisão. Nunes Marques foi o relator.
Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui. Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada. O post Bolsonaro antecipou a deputado cassado decisão de Kassio Nunes apareceu primeiro em Metrópoles.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Lula diz que é preciso criar um telefone para as pessoas reclamarem do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta segunda-feira, 22, que o governo precisa criar um telefone para que as pessoas possam "se queixar se as coisas não estão acontecendo". A declaração ocorreu no lançamento do programa Acredita, um pacote de medidas que prevê crédito e renegociação de dívidas para os pequenos negócios

É muito importante que Congresso aprove lei das fake news e lei que regula IA, diz Lewandowski

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, defendeu a aprovação do projeto de lei das fake news, que regula a atuação das plataformas digitais no País, e o da regulamentação da Inteligência Artificial. "A mim me parece muito importante que Congresso aprove lei das fake news e a lei que regula Inteligência Artificial

Bolsonaro quer replicar atos pelo Brasil, e aliados devem manter Moraes na mira

(FOLHAPRESS) - O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) quer replicar em outras cidades do país os atos que já ocorreram em Copacabana, no Rio, e na avenida Paulista, em São Paulo. A ideia, segundo aliados, é fazer uma manifestação no Sul, outra no Nordeste e uma em Brasília. A próxima deve ser em Joinville (SC), possivelmente