Maior planta do mundo fica na Austrália e se estende por 180 km

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Cientistas australianos anunciaram nesta quarta-feira, 1, a descoberta da maior planta do mundo. A erva marinha da espécie �??Posidonia australis�?�, foi localizada nas águas claras e rasas na Área de Patrimônio Mundial de Shark Bay, na Austrália, e se estende 180 Km �?? equivalente a 20 mil campos de futebol. De acordo com o estudo publicado na revista New Scientist, a planta tem 4.500 mil anos. A estimativa da idade foi realizada tendo como base seu crescimento que é de 35 cm por ano. 

A descoberta foi realizada a partir de 18 mil amostras de plantas coletadas em 10 locais diferentes das suas duas enseadas, segundo a pesquisadora Jane Edgeloe, estudante e pesquisadora da Universidade da Austrália Ocidental. De todas, nove eram idênticas e, provavelmente, sua expansão se deu a partir de uma única muda colonizadora. �??�? o maior exemplo conhecido de clone em qualquer ambiente da Terra�?�, afirmou Elizabeth Sinclair, da Universidade da Austrália Ocidental, uma das coautoras da pesquisa. 

Diferente dos outros pastos naturais do norte de Shark Bay que se reproduzem sexualmente, as ervas marinha, também conhecida como grama marinha, se clonam e criam novos brotos que se ramificam em seu sistema radicular, o que facilitou a reprodução. Prova disso é que durante a pesquisa, os cientistas perceberam que mesmo as mudas de locais diferentes eram geneticamente iguais. Contudo, apesar de ser um clone, os estudiosos apontam que ela é uma espécie híbrida de duas espécies e possui dois conjuntos completos de cromossomos. Essa combinação de genes é apontada como uma das responsáveis pela sua sobrevivência

De acordo com as informações fornecidas pelo The Guardian, a planta serve de habitat para uma enorme variedade de espécies marinhas, incluindo tartarugas, golfinhos, dugongos, caranguejos e peixes. Seu longo período de vida pode ser explicado pelo fato de estar longe de locais estressantes e possuírem espaço para se desenvolverem, segundo a professora da Universidade Edith Cowan, Kathryn McMahon, que também é especialista em ervas marinhas. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Antigo satélite de observação cai na Terra

Um antigo satélite de observação da Terra caiu de órbita na quarta-feira, 21, e se partiu sem provocar danos ou feridos sobre o Oceano Pacífico, entre o Havaí e o Alasca. A reentrada do satélite European Remote Sensing 2 (ERS-2) na atmosfera terrestre foi confirmada pela Agência Espacial Europeia. Lançada em 1995, a nave espacial

Índia proíbe venda de algodão doce por possuir substância cancerígena

Alguns estados da Índia estão proibindo a venda de algodão doce. O motivo? Um estudo concluiu que o produto possui uma substância cancerígena, a Rodamina-B. No início deste mês, o território da união de Puducherry proibiu a venda do doce, enquanto outros estados começaram a testar amostras do mesmo. Na semana passada, foi a vez

Mãe de Navalny vê corpo do filho e denuncia pressão para enterro ‘secreto’

A mãe do opositor russo Alexei Navalny afirmou nesta quinta-feira, 22, que conseguiu ver o corpo do filho, que morreu na semana passada em uma prisão do Ártico, mas denunciou a “chantagem” para enterrar “secretamente” o homem que era o principal opositor do presidente russo, Vladimir Putin. “Estão me chantageando. (…) Querem que tudo seja feito