Klara Castanho fala pela primeira vez sobre violência: ‘Forma forçada’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Após quase um ano da exposição nas redes sociais sobre a violência sexual que sofreu, a atriz Klara Castanho aceitou conversar pela primeira vez sobre o assunto. No palco do Altas Horas, a artista explicou todo o ocorrido.

Na gravação do programa para o Mês da Mulher, na Globo, Klara contou que precisou se recolher primeiro após sofrer o estupro e, sem pedir, foi exposta à mídia de forma exacerbada. Depois da polêmica, a artista denunciou tudo o que sofreu à polícia. 

“Foi um período de recolhimento voluntário depois de tudo o que aconteceu no ano passado. Depois que vim a público, de novo, de forma forçada, eu denunciei todos os crimes aos quais fui submetida. Todos, sem nenhuma exceção. E o que me resta neste momento, e ainda bem, é confiar na Justiça e eu confio muito. Não só na Justiça, mas numa Justiça maior”, disse. 

O apresentador Serginho Groinsman, durante a gravação, reforçou que a jovem precisou virar uma mulher com fala firme e segura devido à grande exposição da vida privada na mídia. “Ela diz que escolheu o ‘Altas Horas’ pelo acolhimento que o programa permite”, comentou.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vídeo: mulher tenta atear fogo no ex-marido em ônibus no interior

São Paulo — Uma mulher foi presa depois de tentar atear fogo no ex-marido, na tarde da quinta-feira (22/2), em Campinas, no interior de São Paulo. Uma briga pela guarda dos filhos teria sido o estopim para a reação da mulher. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a mulher de 52 anos foi presa em

TRE-BA reabre posto de atendimento ao eleitor em Baixa Grande após quatro meses

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) reabre, nesta sexta-feira (23), o posto de atendimento ao eleitor no município de Baixa Grande, na região da Bacia do Jacuípe. O local estava sem funcionar desde outubro do ano passado e voltará a ofertar os serviços eleitorais, de 9h às 13h, nas quartas e sextas-feiras.   O

Governo inicia processo de regulação fundiária de Quilombo onde Mãe Bernadete foi assassinada

A comunidade quilombola Pitanga dos Palmares, localizada entre os municípios de Simões Filho e Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, deu mais um passo para ter a regularização fundiária do seu território aprovada.    A Superintendência de Desenvolvimento Agrário (SDA), órgão vinculado ao governo do estado, publicou portaria na edição desta sexta-feira (23), do Diário