Adolfo Menezes afirma que emendas impositivas terão aumento “escalonado” até chegar a 1% da receita estadual

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes (PSD), comentou sobre o acordo para o reajuste nas emendas impositivas e contou que há conversas com o governador Jerônimo Rodrigues (PT) para que as indicações tenham um reajuste escalonado nos próximos anos. Em coletiva de imprensa, Adolfo explicou que a proposta é de que o orçamento das emendas impositivas cheguem a até 1% da receita estadual. A alteração no texto foi aprovada pelos parlamentares em sessão ordinária nesta terça-feira (23).

 

“Qual era a emenda que se tinha, R$ 1,7 milhões, ficando apenas R$ 35 mil por município, daí o prefeito fica sem inimigo. Foi aprovado para que o governador, no próximo ano, vá aumentando aos poucos. Nesse projeto me parece passar para 0,70% em 2024, sobe em 2025, até chegar a 1% do orçamento. Hoje você depende que o governo esteja bem e queira liberar recursos para obras”, afirmou Adolfo.

 

De acordo com a PEC apresentada pelo deputado Marquinho Viana (PV), atualmente as emendas impositivas ocupam 0,33% do orçamento estadual, sendo uma das menores porcentagens entre as assembleias do Brasil. A Comissão de Constituição, Direito e Justiça (CCJ) da AL-BA aprovou o reajuste por unanimidade.

 

“Como disse, a pretensão da PEC é promover a alteração do art. 160, § 9º, I, da Constituição estadual, apenas para elevar a margem destinada às emendas individuais dos deputados, atualmente estabelecida em 0,33% da receita corrente líquida do exercício financeiro imediatamente anterior”, disse o texto.

 

AS EMENDAS IMPOSITIVAS

O termo “orçamento impositivo” se refere à parte do Orçamento-Geral da União definida pelos parlamentares e que não pode ser alterada pelo Poder Executivo. Se a previsão estiver no orçamento, o governo federal terá a obrigação de executar a despesa – ou seja, liberar o dinheiro.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

MS: galo que bicou turista é investigado e pode ser separado da esposa

Um galo índio, mais conhecido como índio gigante, é “investigado” pela polícia por atacar uma turista em uma praça de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, nessa segunda-feira (22/4). Batizado como Jorge, o galo de estimação pertence a Antônia Coronel, de 68 anos. Além dele, a tutora tem uma galinha chamada Filomena, “esposa” do

Netinho tem derrota na Justiça em processo movido contra Manno Góes por injúria; entenda o caso

O cantor Netinho perdeu o processo que movia contra o também cantor Manno Góes, compositor de um dos grandes sucessos na voz do artista, 'Milla', por injúria após ter sido criticado pelo criador do Jammil por seu posicionamento político.   A ação, que corria na 14ª Vara Criminal da Comarca de Salvador, foi julgada pelo

Joalheria Vivara do Shopping Paralela é assaltada na noite desta quarta-feira

Uma unidade da joalheria Vivara, localizada dentro do Shopping Paralela, em Salvador, foi assaltada na noite desta quarta-feira (24).   Segundo informações do site Alô Juca, os criminosos chegaram no estabelecimento se passando por clientes e anunciaram o assalto. Ainda conforme divulgado, três homens participaram da ação criminosa e teriam rendido funcionárias utilizando armas de