Sem pagamento para Deus de ‘Os Dez Mandamentos’, Justiça condena Record

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A TV Record foi condenada pela Justiça de São Paulo a pagar cerca de R$ 2.500, referente a uma dívida com o ‘Deus’ da novela ‘Os Dez Mandamentos’. A decisão é da juíza Maria Shiesari. As informações são do Uol. 

 

O processo foi movido pelo locutor César Willian, 56 anos, que interpretou Deus na novela bíblica, exibida originalmente em 2015 e que conta a história de Moisés. A produção se tornou fenômeno de audiência e chegou a bater a Globo. Ele é pós-graduando em interpretação bíblica. 

 

À Justiça, Willian afirmou que a Record deixou de lhe pagar valores relativos à reexibição da segunda temporada da novela. Ele afirma que houve “descaso e desrespeito com quem atuou nas obras de maior audiência da emissora”. 

 

Ainda em seu relato, o intérprete disse ter ficado perplexo com a atitude da Record, ainda mais considerando que os valores são “insignificantes” e classificou o caso como uma “vergonha”. “A Record deve e não pagou”, denunciou Willian.

 

A emissora também foi condenada a pagar uma indenização por danos morais “em razão da falta de consideração” demonstrada e do “desgaste” sofrido pelo locutor “na busca de seu direito”.

 

Em sua defesa, a Record afirmou não dever nada e assegura ter efetuado todos os pagamentos acertados contratualmente pela atuação de César Willian na novela. Segundo a emissora, por um equívoco foi paga a quantia de R$ 645 ao locutor referente a uma outra novela, ‘Topíssima’, que não teve a sua participação. A Record exigiu a restituição desse valor.

 

Na sentença, a juíza sinalizou que a emissora não comprovou ter pago todos os valores acertados para a novela “Os Dez Mandamentos”, e determinou a devolução dos R$ 645 de “Topíssima”. 

 

A Record ainda pode recorrer.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Mutirão do Interioriza Defensoria dá início aos atendimentos nesta semana; veja roteiro

Exames de DNA, acordo de divórcios, pensão alimentícia, retificação de registros, consulta processual e orientações jurídicas diversas. Esses são alguns dos serviços prestados pela Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) que estarão mais próximos das comunidades longínquas na quinta edição do Interioriza Defensoria. O mutirão de atendimento acontece nos dias 25 de abril, próxima quinta-feira, e

Defesa Civil abre nova turma de capacitação de voluntários em maio

Com o objetivo de formar multiplicadores em comunidades localizadas em áreas de risco, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) capacita mensalmente 60 voluntários para disseminar as ações da instituição. As aulas da formação "Mobiliza Defesa Civil" acontecem no auditório da Codesal, na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), sempre na primeira sexta-feira do mês.   Para

Tribunal do PCC: polícia resgata refém condenado à morte na Grande SP

São Paulo — A Polícia Civil resgatou nesse domingo (21/4) um homem de 32 anos que foi feito refém pelo Primeiro Comando do Capital (PCC), em Santo André, no ABC paulista, na Grande São Paulo. Segundo os policiais, a vítima tinha agredido um integrante da facção criminosa em uma comunidade da região. Por isso, foi