Gabriel Azevedo para prefeito Fuad: ‘Faz muito tempo que não conversa’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
Presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), Gabriel Azevedo (sem partido) declarou que quer se encontrar com o prefeito Fuad Noman (PSD) para estabelecer diálogo. A fala foi proferida após a sessão desta segunda-feira (4/9) que abriu o processo de cassação do mandato do vereador.
“Essa Câmara está de portas abertas. Recebo o senhor assim que o senhor quiser. (…)Fica o convite para que estabeleçamos o diálogo. O senhor pode me convidar na prefeitura. Faz muito tempo que o senhor não conversa comigo e com outros vereadores. Quero conversar diretamente”, afirmou Gabriel.
Nos últimos dias, o presidente da Câmara acusou o secretário da Casa Civil de Minas Gerais, Marcelo Aro (PP), de pressionar outros integrantes do legislativo municipal pela cassação do seu mandato a pedido de Fuad.
O pedido de cassação de autoria da ex-vereadora e atual deputada federal Nely Aquino (Podemos) recebeu o apoio de 26 votos na CMBH, contra 14 abstenções e nenhum contra.
Durante a sessão foram exibidos vídeos com uma compilação de momentos de Gabriel Azevedo xingando e adotando um tom mais duro contra vereadores.
“É preciso uma autocrítica. É preciso ouvir os colegas”, ponderou Gabriel, após vereadores reclamarem de agressividade, humilhar parlamentares e ser autoritário.
  • Mãe de Marcelo Aro, Professora Marli é relatora de processo contra Gabriel
Além da relação conflitante com outros membros da Câmara, Gabriel também afirmou que pode contribuir para uma relação mais pacífica com a Prefeitura de Belo Horizonte.
“O senhor (Fuad Noman) pode não gostar de mim, mas o povo gosta. Sou chefe do poder legislativo e o senhor do executivo e a Constituição nos obriga a ter uma relação harmônica e independente entre si. Harmônica, eu confesso, podemos melhorar e estou fazendo o primeiro gesto”, comentou o presidente.

image

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

PF mira trama golpista em depoimento conjunto de Bolsonaro e outros 22

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (22) à Polícia Federal sobre os planos discutidos no fim de 2022 para um golpe de Estado contra a eleição de Lula (PT) à Presidência da República. O depoimento foi marcado para iniciar às 14h30. Ex-ministros, ex-assessores, militares e aliados

Bolsonaro pode ser preso se incitar crime durante ato no domingo na avenida Paulista

(FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) pode ser preso se fizer apologia ou incitação ao crime durante manifestação convocada por ele na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), afirmam especialistas. Os profissionais, entretanto, divergem sobre se a mera convocação do ato já poderia ensejar uma prisão preventiva, uma vez que o ex-presidente é investigado

Biden chama Putin de ‘FDP’, e Kremlin responde que americano tenta parecer ‘cowboy de Hollywood’

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou sua contraparte russa, Vladimir Putin, de “filho da p*** louco” durante um evento de arrecadação de fundos realizado nesta quarta-feira, 21, na Califórnia. “Temos um filho da puta louco como esse Putin, e outros, e sempre temos que nos preocupar com o conflito nuclear, mas a ameaça existencial