TAGS

Itália envia imagens de agressões a Moraes e família em Roma

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Logo Agência Brasil

As autoridades italianas autorizaram o envio, para o Brasil, das imagens das câmeras de segurança do Aeroporto de Fiumicino, em Roma, que registram o momento no qual o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e sua família, teriam sido hostilizados por outros brasileiros.ebcebc

Em nota divulgada nesta sexta-feira (1º), o Ministério da Justiça e Segurança Pública confirmou que as mídias disponibilizadas pelas autoridades italianas já foram despachadas e devem estar à disposição nos próximos dias.

Notícias relacionadas:

  • PF ouve Moraes sobre agressão no aeroporto de Roma.

Na quarta-feira (30), o ministro da Justiça, Flávio Dino, declarou que a Secretaria Nacional de Justiça (Senajus) esperava receber os vídeos das supostas agressões a Moraes até esta sexta-feira. A Senajus é a instância do ministério responsável pelos pedidos de cooperação jurídica internacional.

“A informação que eu tenho, obtida há meia hora, é de que até sexta-feira essas imagens serão efetivamente enviadas à Senajus, que é o órgão de cooperação jurídica internacional, e entregues à Polícia Federal”, disse Dino.

Moraes diz ter sido hostilizado por brasileiros que o reconheceram no Aeroporto de Fiumicino, em Roma, em 14 de junho, quando ele regressava ao Brasil. Segundo o ministro, o grupo de brasileiros o ofendeu e agrediu fisicamente ao seu filho, que, de acordo com Moraes, levou um tapa no rosto.

Em apenas dois dias, a Polícia Federal (PF) identificou três pessoas envolvidas no episódio. Na sequência, os agentes federais cumpriram mandados de busca e apreensão na casa dos suspeitos, o casal Roberto Mantovani Filho e sua esposa, Andrea Mantovani, e o genro deles Alex Zanatta.

* Com informações da agência italiana de notícias Ansa Brasil

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Derrota do PSDB em SP vira fantasma para Nunes e argumento para elo com Bolsonaro

(FOLHAPRESS) - A derrota do ex-governador Rodrigo Garcia (PSDB) em sua tentativa de reeleição em 2022 influenciou a decisão do prefeito Ricardo Nunes (MDB) de associar-se a Jair Bolsonaro (PL) na eleição municipal de São Paulo, apesar de apoiadores levantarem dúvidas sobre o custo-benefício do apoio do ex-presidente. O próprio ex-governador tucano, que vem aconselhando

Estados do Sul e Sudeste assinam pacto contra o crime organizado

Estados do Sul e do Sudeste firmaram no sábado, dia 2, um Pacto Regional de Segurança Pública para enfrentar o crime organizado. Um gabinete integrado de inteligência será criado para compartilhar informações e os policiais farão cursos conjuntos para aumentar a integração entre as forças de segurança e padronizar procedimentos e técnicas. O pacto propõe

Ministros do STF veem ilegalidade em anistia a Bolsonaro e preveem derrubada de medida

MATHEUS TEIXEIRABRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) afirmam nos bastidores que não há chance de uma possível anistia a Jair Bolsonaro (PL) ou a condenados por participação nos ataques de 8 de janeiro ter validade e ser implementada para livrar o ex-presidente e seus aliados de eventual julgamento na corte.