Adolescente mata garota de 13 anos a facadas em Minas

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
Uma adolescente de 13 anos foi morta a facadas por uma outra garota, também de 13 anos, em Jaíba, no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. 
 
De acordo com o Boletim de Ocorrência, as duas garotas tinham desavenças antigas e não se falavam há mais de dois anos. 
 
Na noite dessa quarta-feira (18/10), as duas garotas se encontraram na casa da avó da adolescente suspeita de cometer o ato infracional. No local estavam a mãe da vítima e a vítima. 
 
Leia: Mulher sobrevive após levar 11 facadas de ex-companheiro em Juiz de Fora 
 
Elas disseram para a avó da suspeita que ela estava organizando um grupo para agredir a vítima. Por causa dessa acusação, a suspeita começou a ser agredida por todos que estavam dentro da casa. 
 
Leia: Homem leva oito facadas, tenta pilotar moto e morre depois de queda 
 
Para evitar mais agressões, ela se escondeu no banheiro. Minutos depois, deixou o local, pegou uma faca e, aproveitando, que a vítima estava de costas, a esfaqueou. A garota morreu no local. 
 
A jovem foi apreendida e levada para a Delegacia de Janaúba, assim como a arma usada no crime.

image

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Pastor Anderson Silva se diz arrependido de ser bolsonarista: “estou com vergonha de mim”

O pastor Anderson Silva, conhecido por suas declarações polêmicas e apoio fervoroso ao ex-presidente Jair Bolsonaro, declarou em um vídeo recente seu arrependimento em apoiar o bolsonarismo. O líder religioso, que chegou a falar em oração imprecatória, pedindo a Deus para “arrebentar a mandíbula de Lula“, agora pede por recuo e prega uma mensagem de

Pastor Andeson Silva se diz arrependido de ser bolsonarista: “estou com vergonha de mim”

O pastor Aderson Silva, conhecido por suas declarações polêmicas e apoio fervoroso ao ex-presidente Jair Bolsonaro, declarou em um vídeo recente seu arrependimento em apoiar o bolsonarismo. O líder religioso, que chegou a falar em oração imprecatória, pedindo a Deus para “arrebentar a mandíbula de Lula“, agora pede por recuo e prega uma mensagem de

Pastor João Caetano sobre posição política de Osiel Gomes: “Acho que está do outro lado”

Em um vídeo que viralisou nas redes sociais, o pastor Osiel Gomes, da Assembleia de Deus no Maranhão, expressou sua opinião contrária ao envolvimento de líderes evangélicos em manifestações políticas. Segundo Gomes, os evangélicos não deveriam participar de atos políticos marcados por gritos e ofensas dirigidas a candidatos. A declaração provocou reações entre outros líderes