Protesto contra presidente da Autoridade Palestina acaba em confusão na Cisjordânia

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
tregua em israel

Um protesto contra Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, acabou em confusão nesta terça-feira, 17, em Ramallah, na Cisjordânia. De acordo com jornalistas da AFP, membros das forças de segurança dispararam bombas de gás lacrimogêneo durante a manifestação, que começou após o bombardeio num complexo hospitalar na Faixa de Gaza – ao menos 300 pessoas morreram. No ato realizado na Cisjordânia, os manifestantes pediam a renúncia de Abbas. “O povo quer a queda do presidente”, gritavam. Em Nablus, mais ao norte, grupos de palestinos se manifestaram exibindo bandeiras do grupo Hamas. Desde o início do novo conflito, Abbas vem condenando as ações do Hamas, que invadiu Israel e matou centenas de pessoas. “As políticas e ações do Hamas não representam o povo palestino”, disse o presidente da Autoridade Palestina, em alusão ao ataque sangrento realizado em 7 de outubro. Abbas, por outro lado, também vem condenando as investidas do governo israelense. Nesta terça-feira, por exemplo, o mandatário classificou o bombardeio ao hospital como “massacre” e declarou luto de três dias nos Territórios Palestinos.

*Com informações da AFP

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Cavalos fogem do Palácio de Buckingham, ferem pessoas e danificam carros

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois cavalos fugiram do Palácio de Buckingham e percorreram pelo menos 8 km de distância durante duas horas até serem capturados. Segundo a BBC, os animais feriram quatro pessoas e danificaram alguns carros estacionados. A polícia foi acionada após dez minutos da saída deles. A fuga aconteceu durante um exercício

Comediante expulsa mãe que amamentava bebê durante espetáculo

O comediante norte-americano Arj Barker gerou polêmica ao pedir a uma mãe que estava amamentando seu bebê de sete meses para deixar um espetáculo durante o Festival Internacional de Comédia de Melbourne, na Austrália. A atitude do humorista desencadeou um intenso debate sobre os direitos das mães e dos artistas em espaços públicos. Arj Barker

Pais são acusados de agredir gêmeas de cinco semanas até à morte

O casal Angelina Belinda Calderon e Fernando Vega, ambos com 21 anos, chocou a comunidade de Houston, no Texas, ao ser acusado de agredir fatalmente suas duas filhas gêmeas de apenas cinco semanas de idade. O trágico acontecimento deixou  todos consternados. Após a morte das crianças, o casal criou uma página de arrecadação de fundos