Advogada de Bolsonaro assume defesa de Daniel Silveira

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Karina Kufa, uma das advogadas do presidente Jair Bolsonaro (PL), assumiu a defesa do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) nesta terça-feira, 17. �??Diante das inúmeras notícias, venho confirmar que estarei na defesa do deputado federal Daniel Silveira, especialmente para representá-lo nas questões eleitorais. �? com grande satisfação que assumo essa missão!�?�, escreveu em sua conta do Twitter. Kufa é especialista em direito eleitoral e administrativo e vai defender o parlamentar no Supremo Tribunal Federal (STF). Silveira foi condenado a oito anos e nove meses de prisão após realizar ataques a ministros da Corte e apologia ao AI-5. Menos de 24 horas depois da sentença, Bolsonaro concedeu indulto ao deputado. A defesa alega que o perdão também anula a inelegibilidade é de Silveira. O ministro Alexandre de Moraes, no entanto, avalia que o indulto o livra apenas da pena, mas não exclui efeitos secundários da condenação, ou seja, não o tornaria elegível. A decisão do Supremo pode afetar os planos de Silveira, que quer disputar o Senado pelo Rio de Janeiro nas eleições de outubro.

Diante das inúmeras notícias, venho confirmar que estarei na defesa do deputado federal Daniel Silveira, especialmente para representá-lo nas questões eleitorais. �? com grande satisfação que assumo essa missão!

�?? Karina Kufa (@karinakufa) May 18, 2022

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Malafaia chama Moraes de ditador, pede renúncia nas Forças e diz que Pacheco é frouxo

Na manifestação em Copacabana neste domingo, 21, o pastor Silas Malafaia, um dos organizadores do ato em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), adotou uma retórica agressiva contra autoridades da República, referindo-se ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes como um "ditador com modus operandi" e descrevendo o presidente do Senado, Rodrigo

Bolsonaro: ‘Quando se fala em estado de sítio, era proposta para ser submetida ao Parlamento’

O ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou que a "minuta do golpe", como ficou conhecido o documento que previa a intervenção no Poder Judiciário para impedir a posse do presidente Lula e convocar novas eleições, não tratava de decretar estado de sítio no Brasil com uma canetada. Segundo ele, o documento se tratava de uma proposta que

Brasil precisa de mais testosterona, diz Nikolas Ferreira em ato pró-Bolsonaro no rio

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) disse que o Brasil precisa de "mais testosterona" e negou a necessidade de mais projetos de lei e emenda. Num discurso de pouco mais de cinco minutos, Nikolas fez ataques ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e elogiou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o pastor Silas Malafaia.